segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Coração


Coração,
Arrebata-me
Leva-me
Tira-me com violência
Priva-me de mim
Arranca-me dessa tumbice que sou
Tem-me irascível
(Mesmo que a palavra seja difícil)
Mas fala, grita, esbraveja
Cala-me a boca
Pra que tudo que eu deseje
Seja sua força
Mesmo à força